Coisas para saber antes de ir para a Coreia

Sabemos que a Coreia é um país com uma cultura completamente diferente da nossa, consequentemente, hábitos também serão diferentes. Pra quem está pensando em viajar ou mesmo morar lá, é importante saber desses costumes diferentes, até mesmo para evitar situações constrangedoras.




Saber o básico do coreano:


Uma das partes mais diferentes de uma cultura, é o idioma, que é o caso da Coreia do Sul. Se você deseja se dar bem com as pessoas na Coreia e, portanto, fazer alguns amigos, então obter algum conhecimento da língua sul-coreana será o melhor passo que você pode dar antes de entrar no país.

Se você fala inglês, muitos coreanos podem entendê-lo, mas a maioria não. Portanto, ajudaria se você aprendesse algumas coisas básicas em coreano, como palavras coreanas comuns, verbos comumente usados, fazer perguntas e muitas outras coisas. O primeiro passo seria, claro, aprender o sistema de escrita, chamado de Hangeul (한글).

Você pode pensar que aprender coreano é difícil, e ficar assustado até mesmo com a ideia de aprender, mas deixe-me assegurar-lhe que é uma bela experiência. Você ficaria encantado em saber que pode se comunicar com os lojistas em lojas de cuidados com a pele e pedir sua comida coreana favorita em qualquer restaurante.

Não há como você se arrepender de ir para a Coreia com uma visão fundamental do idioma.


Conhecer os mitos e supertições:


Um elemento significativo de sua cultura são seus mitos e superstições, sobre os quais eles são extremamente sérios. Você pode pensar nisso como uma piada no início, mas uma vez que você visitar a Coreia, perceberá como isso é realmente importante para eles.

Antes de viajar, aprenda algumas superstições bem básicas e gerais da cultura. Por exemplo, pauzinhos grudados em uma tigela de arroz. Isso pode causar alguns olhares sérios dos falantes nativos de coreano, já que isso é feito por ocasião de mortes em sua cultura.

Além disso, algumas outras superstições estão associadas à morte na cultura coreana, incluindo o número 4 e escrever o nome de alguém com tinta vermelha. Devido à sua firme crença nessas superstições, você não encontraria coisas no conjunto de quatro, ou os números escritos em elevadores, etc.

Ter uma ideia sobre isso pode te salvar de inúmeros momentos embaraçosos na frente dos coreanos.


Utilizar as duas mãos:


Os coreanos tendem a dar ou receber algo como uma tigela de água, uma fruta ou um presente com as duas mãos. Se você conhecer um coreano e vê-lo usando as duas mãos para lhe entregar algo, não fique chocado. Eles estão apenas mostrando a você um gesto respeitoso e, portanto, retribuindo isso apenas elevará sua impressão na mente deles.

A hierarquia é algo muito forte na cultura e está presente mesmo no idioma. Por isso, é de bom tom que você receba/dê algo (principalmente quando são mais velhos que você) com as duas mãos, ou mesmo apoiando um de seus cutuvelos com a mão.


Tirar os sapatos:


Você pode facilmente encontrar e usar chinelos na maioria das casas coreanas. Há mais de uma ocasião em que você pode precisar tirar os sapatos ou trocá-los. Uma delas é ao entrar na casa de alguém.

Os coreanos são especialmente atenciosos com más vibrações e sujeira. Eles acreditam que se os sapatos usados ​​fora forem trazidos para dentro de casa, isso pode trazer alguma energia negativa ou sujar a casa. Portanto, ajudaria se você sempre deixasse os sapatos ao ar livre do lado de fora.

Outro lugar para trocar de sapato é antes de ir ao banheiro. Não importa quão limpo ou higiênico seja o banheiro, ele pode trazer germes e energia indesejados. O tabu associado aos sapatos nesta cultura é não usar os sapatos que estiveram no banheiro.


Ter sapatos de banho:


Enquanto estiver em hotéis, você pode comprar alguns sapatos de banho para usar. Ao tomar banho, você não teria uma banheira ou cubículo (box) na Coreia. Em vez disso, só teria um chuveiro ligado a todos os banheiros e poderia escorregar, a menos que usasse um chinelo de banho.


Cuidado com a privacidade:


Em muitos lugares, os turistas tiram fotos de tudo e de todos, e os moradores não se ofendem com isso. Na Coreia, isso pode ser um pouco diferente. Os coreanos são muito sensíveis em relação à sua privacidade, e tirar fotos de qualquer pessoa sem sua permissão pode causar sérios problemas. No país, inclusive, os celulares são vendidos com o barulho da câmera acionado (quando tiramos fotos, por exemplo), sem a opção de retirá-lo/diminuir.


Estar atentos aos modos:


Enquanto estiver na Coreia, você precisa ter cuidado com boas maneiras e etiqueta. Algumas pessoas podem achar suas ações bastante ofensivas, mesmo que você não as ache estranhas. Por exemplo, você nunca deve assoar o nariz em público, pois as pessoas podem se sentir enojadas com isso. Se você precisar desesperadamente, então você pode ir ao banheiro ou em algum lugar sozinho para fazê-lo.


Padrões de beleza:


Os coreanos são loucos por produtos de beleza que também podem se manifestar em seus padrões e shows de beleza. Se você é fã de K-pop, já deve ter se deparado com vários programas que destacam como a beleza tem a devida importância na cultura coreana.

Existem inúmeras lojas de beleza na Coreia, não apenas nos shoppings e ruas, até nas estações de metrô. Muitos homens e mulheres coreanas usam uma rotina de cuidados com a pele (skincare) de 10 passos para manter a pele jovem e fresca.

Além disso, você deve saber que produtos de cuidados com a pele e outros serviços de beleza, como cirurgias plásticas, são extremamente normais e econômicos. Não promovemos o cumprimento de nenhum padrão de beleza e, em vez disso, cada pessoa precisa ter seus meios e sua essência. A beleza de cada um é especial,única!


Cultura do Café:

Além dos cuidados com a pele, os coreanos têm uma cultura do café extremamente presente. Têm diferentes cafés com vários temas artísticos, únicos e apelativos. Existem diferentes deliciosas sobremesas coreanas também. Sentar-se em um café pode se tornar sua memória favorita enquanto estiver na Coreia do Sul.

Você pode encontrar quase todos os tipos de cafés por lá, enquanto estiver em qualquer café, a acessibilidade ao WiFi nunca será um problema para você. E o mais importante é que o café tem uma estética excelente para tirar fotos legais para iluminar seu feed do Instagram. Eles têm quase que um café em cada esquina, haha.




Servir bebida para mais velhos ou superiores:


Se você está bebendo com seu superior, então cabe a você servir a bebida dele(a) enquanto este estiver bebendo. É contado nas boas maneiras sul-coreanas e, portanto, você pode obter alguns pontos de bônus ao tentar deixar uma boa impressão.


Trem Expresso Coreano (KTX):


Existem vários meios de transporte que podem levá-lo a lugares do país. Além dos trens/ônibus comuns, há outro sistema de transporte na Coreia do Sul que você deve conhecer.

O Korean Train Express (KTX) é uma maneira extremamente eficiente e super rápida de viajar para diferentes partes do território coreano. Se você tem uma reunião urgente para comparecer, mas o voo para a Coreia do Sul acabou atrasando, você pode optar por essas opções impressionantes que custariam menos tempo e seriam mais eficientes.

Há um problema de que esse método não é econômico. Se você é um empresário com bolsos carregados, isso pode ser uma ótima experiência. Mas se você estiver estudando na Coreia ou fazendo um tour geral com um orçamento baixo/médio, então você pode deixar essa opção de lado.




Táxis Deluxe:


Como as dicas de viagem coreanas anteriores, esta também mostra como optar por formas mais econômicas de se hospedar na Coreia. Se você encontrar um táxi preto, fuja. Ficar longe de um gato preto pode ser um mito, mas evitar os táxis pretos na Coreia do Sul é uma estratégia.

Os táxis pretos são a versão premium dos táxis. No final do seu passeio, os taxistas lhe dariam uma conta que poderia fazer você chorar, e se você estiver com um orçamento baixo, então viola, e talvez não consiga pagar sua próxima viagem.

E sim, infelizmente na Coreia não existem Ubers.


Aplicativos convenientes:


Uma vantagem de usar o sistema de transporte mais eficiente da Coreia do Sul é que você também pode ter acesso a vários aplicativos de transporte que podem facilitar sua estadia. Você pode entender facilmente diferentes direções, mesmo que não conheça os endereços coreanos.

Esses aplicativos podem ajudá-lo se você souber coreano. No entanto, se esse idioma é um idioma estranho para você, esses aplicativos são uma grande necessidade para você sobreviver na Coreia. Alguns desses mapas incluem o mapa do Naver e o mapa do Kakao. Além disso, há também um aplicativo de metrô na Coreia do Sul e em cada cidade, como o aplicativo de metrô de Seul, que é fácil de usar, pois a interface está em inglês.

Os mapas do Google não são a melhor opção, pois há várias restrições em torno dos dados do mapa que o Google Maps pode atingir.


Formas de pagamento:


Estes são dois métodos amplamente utilizados para pagar na Coreia. O primeiro é um cartão T-money, enquanto o outro é um cartão bancário. Um cartão T-money é um cartão de transporte que pode ser comprado em qualquer lugar da Coreia do Sul, por exemplo, lojas de conveniência.

Você pode ir à loja local mais próxima e eles podem obter seu próprio cartão T-money. Você pode facilmente comprar o cartão e ter seu saldo atualizado em qualquer estação de metrô ou de trem. Você pode usá-lo em quase todas as estações de transporte e aproveitar sua visita sem contar constantemente e se preocupar com o dinheiro.

É conveniente com o cartão bancário se 't-money' estiver escrito nele. Esse cartão funcionaria no sistema de transporte. No entanto, se ele não tiver isso, você terá que obter o T-money.

 

Fonte: https://ling-app.com/ko/things-to-know-before-going-to-korea/


#transporte #locomoção #coisasparasaber #viagem #estadianacoreia #aspectosculturais #dicas #informações #importante #lifestyle #cultura


64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo