Museus sul-coreanos

Atualizado: Mai 13

Olá, pessoal! No post de hoje, decidi trazer pra vocês um pouco sobre alguns dos melhores museus na Coreia do Sul. Eles, com certeza, não podem ficar de fora em um plano de viagem haha. Espero que gostem! Boa leitura!

De antigas tradições folclóricas e artefatos reais à história contemporânea e tecnologias futurísticas, a Coreia do Sul tem um museu para quase todas as áreas de interesse. Hoje veremos alguns deles.


1. Museu Nacional da Coreia do Sul (국립중앙박물관):


Com mais de 220.000 artefatos culturais em seis andares, abrangendo desde a história antiga e medieval até o início da história moderna, o Museu Nacional da Coreia em Seul é talvez um dos museus mais expansivos e impressionantes da Coreia do Sul. Com exposições centradas em áreas como caligrafia, pintura, escultura e artesanato, o complexo cultural ilustra lindamente o avanço do país nas artes, religião e cultura. Não perca a área de exposição ao ar livre menos visitada, que apresenta um caminho pontilhado de pagode que direciona os visitantes para uma área de descanso tranquila de riachos e cachoeiras.


Site do museu


2. Memorial de Guerra da Coreia do Sul (전쟁기념관):


Estabelecido para homenagear o nobre sacrifício dos mártires patrióticos da Coreia do Sul, o Memorial de Guerra da Coreia do Sul serve como um local de educação moral nacional com seus cerca de 33.000 artefatos relacionados à guerra. Os visitantes devem reservar algumas horas para explorar as seis salas internas separadas do museu e a sala de exibição ao ar livre de armas gigantescas. De particular interesse é a Sala de História da Guerra, uma exposição que mostra armamentos e uniformes de batalha coreanos desde a era pré-histórica até o final do século XIX. A sala da Vida em Tempo de Guerra, por sua vez, permite aos visitantes passear por réplicas de vilas pós-Guerra da Coreia, para ter uma ideia melhor de como foi uma Seoul quase aniquilada na década seguinte à guerra.


Site do museu


3. Museu Marítimo Nacional (국립해양박물관):


Não é nenhuma surpresa que o mar seja tão importante para os cidadãos de Busan, a maior cidade portuária da Coreia do Sul e o quinto porto marítimo mais movimentado do mundo em tonelagem de carga. As exposições no Museu Marítimo Nacional demonstram essa importância ao enfocar todos os aspectos da vida marinha e oceânica, desde as criaturas do mar até a história da indústria marítima da cidade. O museu também abriga uma biblioteca, aquário, palco para apresentações e um teatro 4D, oferecendo algo para todas as idades.


Site do museu


4. Museu Nacional de Gyeongju (국립경주박물관):


Como a capital do Reino de Silla (57 aC - 935 dC), a cidade de Gyeongju é rica em história e tradição. Talvez em nenhum lugar isso seja mais óbvio do que no Museu Nacional de Gyeongju. Nele, os artefatos são lindamente organizados em uma variedade de áreas de exposição, incluindo o Salão Principal, que apresenta louça de barro, obras de arte e artesanato; o Gukeun Memorial Hall, que abriga mais de 600 artefatos da coleção pessoal do Dr. Lee Yang-Seon; e a Gobun Gallery no Anexo I, uma coleção de artefatos das grandes tumbas da cidade.


Para dar uma olhada na vida cotidiana da corte real, pare no Anexo 2, onde utensílios domésticos e artefatos escavados na lagoa Wolji estão em exibição. Os visitantes podem ter uma visão de perto de coroas cintilantes, ornamentos cintilantes e joias deslumbrantes, todos os quais mostram a esplêndida arte da era Silla.


Site do museu


5. Daegu, Museu Yangnyeongsi de Medicina Oriental (대구약령시 한의약박물관):


Pra quem ama medicina, vai amar esse museu também. Conheça a história da medicina oriental por meio deste museu interativo, que é em parte uma exposição e em parte um centro de experiências. A exposição mostra a origem da medicina oriental em Yangnyeongsi, enquanto o centro de experiências convida os visitantes a aprenderem sobre conceitos como eumyang-ohaeng (os cinco elementos naturais da energia positiva e negativa) e sasangchejil (quatro tipos de corpo) por meio de atividades. Faça uma caminhada ao longo da trilha de acupuntura do museu ou relaxe seus pés com um banho de pés de ervas medicinais. Nos dias que terminam com um ou seis (exceto o dia 31), ocorre um mercado de atacado no andar de baixo.


Site do museu


6. Museu do Palácio Nacional da Coreia (국립고궁박물관):


As famosas Tumbas Reais da Dinastia Joseon, a mais longa dinastia Confucionista governante, abrangendo cinco séculos, de 1392 a 1897, estão localizadas a cerca de 40 quilômetros de Seoul. Grande parte da história da dinastia pode ser explorada no Museu do Palácio Nacional da Coreia, onde é possível ver os artefatos em uma extensa coleção de mais de 40.000 itens. A coleção permanente cobre todos os aspectos do estilo de vida de Joseon, incluindo a arte, a ciência e a música da época.

O museu também hospeda exposições temporárias especiais e programas educacionais para falantes do inglês.


Site do museu (inglês)


7. Samsung D'light (삼성전자 홍보관 (딜라이트)):


Ao contrário da maioria dos museus, que geralmente retratam o passado, o Samsung d’light permite que os visitantes imaginem melhor o papel que a tecnologia pode desempenhar em nosso mundo na próxima década.


Em vez de simplesmente apresentar como seus produtos transmitem sua visão, a Samsung Electronics demonstra como seus dispositivos e soluções estão moldando o futuro por meio de uma série de atividades imersivas. A área “Sentir”, por exemplo, permite que eles utilizem gestos para interagir com telas de espelhos de última geração, enquanto a exposição “Casa do Futuro” usa realidade aumentada para mostrar como a “Internet das Coisas” tornará a vida cotidiana mais conveniente e conectado.


Site do museu (inglês)


8. Museu de História da Prisão de Seodaemun (서대문형무소역사관):


Anteriormente uma prisão para ativistas da independência coreana durante o domínio colonial japonês, o Museu de História da Prisão de Seodaemun é hoje um museu de história e um monumento que comemora a luta da Coreia pela independência. Os edifícios de tijolos vermelhos do complexo já abrigaram várias celas de prisão, que foram convertidas em amplas exposições educacionais que exibem fotos dos métodos de tortura usados pelos japoneses contra os lutadores pela liberdade coreanos. O museu é totalmente deprimente, mas também esclarecedor na medida em que fornece um vislumbre único dos problemas e triunfos que a nação enfrentou por sua chance de independência.


Site do museu (disponível em inglês)


9. Museu Nacional de Daegu (국립대구박물관):


Com inúmeras exposições que variam de armaduras e joias a relíquias budistas e manuscritos confucionistas, os visitantes podem dar um passeio pela história da cidade no Museu Nacional de Daegu. Uma das exposições mais visitadas é a Traditional Folk Life Gallery (Galeria da Vida Folclórica Tradicional), onde a cultura Seonbi e as crenças e rituais da área de Yeongnam são apresentadas de forma belíssima. Vários programas culturais, como o tingimento tradicional, oferecem uma experiência mais prática para visitantes de todas as idades.


10. Museu Nacional do Folclore da Coreia (국립민속박물관):


Inaugurado em 1945, o Museu Nacional do Folclore da Coreia é dedicado a compartilhar os modos de vida tradicionais do povo coreano com o mundo. O museu é especialmente conhecido por receber exposições especiais, como a Exposição Anual de Artesanato Tradicional Coreano e a Exposição de Artesãos de Habilidades Tradicionais Coreanas. A exposição ao ar livre nos jardins do museu apresenta diversas relíquias da vida folclórica coreana, incluindo os postos espirituais de Jangseung, para os quais os moradores oravam na tentativa de trazer uma colheita bem-sucedida.


Site do museu (disponível em inglês)


11. Leeum, Museu de Arte da Samsung (리움 삼성미술관):


Administrado pela Fundação de Cultura Samsung, o Museu de Arte Leeum Samsung abriga uma extensa coleção de arte tradicional e contemporânea, de artistas nacionais e internacionais. O nome Leeum é o sobrenome de seu fundador, Hoam Lee Byung-chul, que também foi o fundador da Samsung e é um grande colecionador de arte. Os edifícios do museu foram projetados pelos arquitetos de renome internacional Mario Botta, Jean Nouvel e Rem Koolhaas, seus projetos combinando o passado, o presente e o futuro da arte e da cultura.


Site do museu (disponível em inglês)


12. Museu Têxtil DTC (DTC섬유박물관):


Como centro das indústrias têxteis da Coreia do Sul, não é surpresa que Daegu tenha seu próprio museu dedicado aos têxteis e ao passado, presente e futuro das indústrias têxteis. No DTC Textile Museum, os visitantes podem ver de perto como as roupas e os acessórios, bem como as máquinas usadas para fabricá-los, evoluíram ao longo dos anos. Algumas partes do museu parecem mais uma galeria de arte, já que muitas das obras em exibição foram na verdade feitas por designers de moda, como a obra de arte intitulada “Dancing Energy (Energia Dançante)”. Criada com pequenos pontos de tecido cuidadosamente remendados, a obra representa a fantasia feminina de beleza.


Site do museu (inglês)

Fonte: https://theculturetrip.com/asia/south-korea/articles/12-best-museums-in-south-korea/


#cultura #museus #tecnologia #história #lugaresparavisitar #educação

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo